domingo, 23 de junho de 2013

OS CRENTES E OS PROTESTOS

«Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus.» (Mateus 22:21)  

     Foi a resposta de J'sus para uma pegadinha feito pelos Serginhos Malandros,  da época,  que tentavam fazer com que J'sus se colocasse contra o Império Romano.  Este texto há muito vem provocando grande discussões teológicas, e hoje nos levará a refletir quanto ao que está acontecendo em nosso Brasil.  Por que? 
Porque J'us deixou bem claro que não devemos ignorar o que acontece a nossa volta, não podemos ser alienados quanto ao "mundo" ao nosso redor. J'us em João 17.15 diz para que D'us não nos tire do mundo (o que acontece em alguns casos, mas isso fica para outro dia) mas muitos só lembram do versículo seguinte que diz "que não somos desse mundo".  
       A bíblia diz que devemos ter fome e sede de justiça (Mateus 5.6), mas como fazer isso em frente a uma televisão assistindo o que os outros estão fazendo nas ruas por você?
         Meus queridos, é muito importante aproveitarmos o momento e mostrarmos que nos preocupamos com o "mundo" que D'us amou de tal maneira. 
         Por isso "rogo pela compaixão de D'us que os Pastores renovem suas mentes" e desçam de seus púlpitos, e como exemplo levem seus membros a PROTESTAR contra toda a corrupção que se instalou no Brasil.  Como podem ao final dos cultos dizerem "vão em paz" sabendo que boa parte dos membros, que são assalariados, não tem o que comer de maneira decente? Que proveito tem a "Bênção Apostólica?
Como podem ao final dizerem: "tenham uma semana abençoada" se não lhes dão o que são necessário?  (Tiago 2).
"Uma nova história D''us tem para nós, um novo tempo D'us têm para nós". . . mas a fé sem obras é morta!