quarta-feira, 21 de março de 2012

DEPUTADOS GASTADORES

 CÂMARA DE DEPUTADOS FEDERAIS

Gastos Públicos


Q os "nosso representantes" gastam mto, isso vc sabe, mas o qnt gastam e em q, tenho certeza q vc ñ sabe.  Então ñ perca a oportunidade de saber.

O povo em filas, rodas de amigos, conversas em telefone, reclamam sobre as atitudes
dos Vereadores, Deputados e Senadores, mas ñ sai disso, só conversa, como dizia minha vó, fiada. 
Bem mas agora vc pode mudar td isso, ao invés de reclamar com amigos, pq ñ reclamam direto com os que praticam, nossas conversas "fiadas" ñ passa de momentos e td volta ao q era antes. 

Gostaria q vc visse essa reportagem do UOL Notiícas para ver se vc algo mexe com vc e toma uma atitude contra tantos gastos desnecessário.  Está na hr de mudar essa realidade.
Clique aki e veja com seus próprios olhos.


Quer saber pq eles gastam tanto?  É pq eles têm direito a uma cota.

O que é a cota?
A cota para exercício da atividade parlamentar é uma verba destinada pela Câmara para reembolsar os deputados por gastos decorrentes de seu trabalho. Inclui 12 categorias de gastos, de telefonia e alimentação a aluguel de carros e divulgação.
O valor máximo mensal da cota varia para cada Unidade da Federação (UF), de R$ 23 mil (para deputados do Distrito Federal) a R$ 34 mil (para deputados de Roraima). A tabela abaixo  mostra o teto da cota para cada UF:
Cotas para parlamentares, de acordo com seu estado
Acre
R$ 33.516,34
Alagoas
R$ 30.723,33
Amapá
R$ 32.711,89
Amazonas
R$ 32.563,97
Bahia
R$ 29.259,38
Ceará
R$ 31.865,01
Distrito Federal
R$ 23.033,13
Espírito Santo
R$ 28.057,67
Goiás
R$ 26.606,13
Maranhão
R$ 31.637,78
Mato Grosso
R$ 29.575,29
Mato Grosso do Sul
R$ 30.419,48
Minas Gerais
R$ 27.049,62
Pará
R$ 31.695,15
Paraíba
R$ 31.547,57
Paraná
R$ 29.154,13
Pernambuco
R$ 31.278,18
Piauí
R$ 30.744,29
Rio de Janeiro
R$ 26.797,65
Rio Grande do Norte
R$ 32.077,21
Rio Grande do Sul
R$ 30.671,69
Rondônia
R$ 32.789,41
Roraima
R$ 34.258,50
Santa Catarina
R$ 29.915,86
São Paulo
R$ 27.769,62
Sergipe
R$ 30.113,87
Tocantins
R$ 29.632,52

Se o deputado não gastar o máximo que pode em um mês, o que sobra acumula e pode ser usado depois - mas só até virar o ano, depois disso o crédito expira. As regras para uso da cota são estabelecidas pelo ato 43 da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, publicado em 21 de maio de 2009, quando o presidente da Casa era Michel Temer (PMDB-SP) -atual vice-presidente da República.

* colaborou Cíntia Baio, do UOL Notícias em São Paulo.