terça-feira, 27 de novembro de 2012

NOVA TEOLOGIA ORTODOXA CONTEMPORÂNEA FACEBOOKIANA

        Olha, tenho visto algumas pessoas se achando o "Einstein" da teologia contemporânea,  descrevendo no facebook, o seu conhecimento de D'us, e não aceitando discordâncias.  Quando alguém discorda, logo dizem que o face é dele e não pediu para ninguém comentar. . . e quando "aceitam" vão para outro post e detonam o "herético" que discordou.
pow, peraew . . . vc acha que são donos de tudo?  Que podem sair assim opinando sobre o que quiser e que nada vai acontecer?  Se você acredita em algo, passe para seus discípulos, e tenha muito cuidado com o que você torna público (O FACEBOOK É ALGO PÚBLICO, o que se posta ali não tem privacidade que você acredita - veja neste link o que o próprio FACEBOOK diz a respeito da sua política de privacidade - Privacidade no Facebook).

          Quero aproveitar para fazer aqui uma retratação pública, sobre um termo que usei várias vezes (usei - 1ª pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo) - CRENTADA .
Reconheço que faltei com respeitos aos que se denominam crentes e que não estão errados em usá-los, pois por trás dessa nomenclatura  há uma história de fé e amor pelo NOSSO D'us de muitos anos, em que muitos foram humilhados, pode até terem morrido, por denominarem-se assim.
Digo isso, porque muitos estão usando o termo crentes para ferir os que pensam diferente deles, algo que a bíblia condena - Efésios 4.29
"Não saia da sua boca nenhuma palavra torpe, mas só a que seja boa para a necessária edificação, a fim de que ministre graça aos que a ouvem."
Então me perdoem aos que ofendi.

Além disso, muitos gostam de usar a filosofia para bibiblicar seus conceitos (krak, gostei deste idiossincrático neologismo),disse Heigel - "toda verdade levada ao seu extremo, torna-se seu oposto", logo quando com muita vontade chama os que refutam seus conceitos de crente, iguala-se a eles, tonando-se "crente" em sua própria verdade.

Bem, é isso!  

Aceito refutação . . .