segunda-feira, 4 de junho de 2012

A LEI DO RETORNO

        Hoje estava vendo tv quando minha esposa resolveu deixar num programa de sensacionalismo, onde uma mulher  reclamava do seu estado atual.  O programa apresentava a situação de Denise Tacto que foi despejada de apartamento que vivia com a duas filhas. . . 
. . .bem com certeza você dirá:  "e daí?
     É que essa é a ex-esposa do Gerson Brenner, ator global que em 1998 foi vítima de assalto onde foi alvejado na cabeça, deixando com problemas de fala e locomoção.  Na época, Denise entrou na justiça para ficar com a guarda dele e consequentemente parte do pagamento, disputando na justiça com os pais do ator, a qual lhes deu ganho de causa.  A mulher acabou por se separar do ator e proibi-lo de ver a filha. . .

     Você pode até não acreditar na lei do retorno, mas ela existe. . . mas o que é a lei do retorno?
"A toda ação há sempre uma reação oposta e de igual intensidade: ou as ações mútuas de dois corpos um sobre o outro são sempre iguais e dirigidas em direções opostas", isto é, tudo que você faz terá uma reação igual e contrária a você! 

     Mas onde na bíblia tem base para isso?
     Gálatas 6.7-10
   "Não se enganem: ninguém zomba de Deus. O que uma pessoa plantar, é isso mesmo que colherá.   Se plantar no terreno da sua natureza humana, desse terreno colherá a morte. Porém, se plantar no terreno do Espírito de Deus, desse terreno colherá a vida eterna.   Não nos cansemos de fazer o bem. Pois, se não desanimarmos, chegará o tempo certo em que faremos a colheita.   Portanto, sempre que pudermos, devemos fazer o bem a todos, especialmente aos que fazem parte da nossa família na fé".

    Você percebeu que aqui diz?  "Se plantar no terreno da sua natureza humana, desse terreno colherá a morte"?  Quando plantamos o mal, colhemos o mal, pode ter certeza que  vai acontecer, por isso que vemos tanta gente em cultos de "libertação", quando deveriam estar em cultos de arrependimento. . . ah, esse tipo de culto não existe, esqueci.

     Bem, agora vc já sabe, se fizermos o bem "chegará o tempo certo em que faremos a colheita" mas se fizermos o mal "isso mesmo que colheremos".
       E você, já pensou no que está plantando?